domingo, 8 de janeiro de 2012

Detesto a ignorância SULISTA

Me impressiona a forma como muitas pessoas do sul e sudeste rotulam a região norte e nordeste do país.
Me impressiona mais ainda a falta de conhecimento histórico e geográfico.
Morei a minha vida inteira no norte e sempre imaginei que as brincadeiras e piadinhas acerca de nossa região fossem apenas brincadeiras. Pior que não... Pura ignorância mesmo.
De modo geral, também não quero ser preconceituosa. Mas é difícil ouvir tantos absurdos, até mesmo de pessoas com um certo "conhecimento".
Acho que a educação de nosso país ainda está longe de ser regular e muito longe de ser boa.
Tenho alunos de 6 ano e 8 série que me perguntam qual a língua falada pelo povo Acreano. Colegas professores que pensam que o Acre fica ao lado da Bahia. Somos chamados de imundos e preguiçosos... -Esse povo não gosta de trabalhar.
De modo nenhum quero aqui ridicularizar ou ironizar alunos ou colegas de trabalho. Mas me espanta a forma como nossas escolas e faculdades apresentam determinados conteúdos em suas classes.Me espanta o preconceito. Me espanta ainda mais saber que com tantas ferramentas disponíveis nos dias de hoje, como a internet, pessoas ainda desconheçam seu próprio país.
É costumeiro ouvir que a região norte de nordeste é repleta de uma "pobretada" que por sua vez é sustentada pela região sul e sudeste. A grande maioria pensa, até pelas reportagens infelizes apresentadas pelos veículos de comunicação nacional, que o norte e nordeste não possuem infra-estrutura básica.
Queridos, esqueçam os estereótipos. Não temos onça habitando conosco como se fossem animais de estimação. Não somos povos indígenas, ainda que muitos, assim como eu, sejam descendentes. Acredite, temos energia elétrica, internet e comemos com talher. (risos)
Norte e Nordeste assim como as demais regiões enfrentam algumas dificuldades. Mas temos belezas não encontradas em lugar nenhum. Iguarias inesquecíveis. Ótimas escolas. Enfim... somos normais.
Moro no sul do país há 2 anos. Apesar da dificuldades de adaptação devido ao clima, cultura, etc. aprendi a amar as pessoas e os lugares. No entanto, nada a mim me pareceu novo ou de outro mundo porque de onde vim aprendi exatamente a conhecer e a apreciar a nossa terra.
O povo acreano lutou para pertencer ao Brasil. Teve uma participação importantíssima em muitas páginas da história do Brasil.
Deixemos mais de criticar e procuremos mais conhecimento acerca daquilo que falamos.